Show-baile da Melhor Idade - Uma ótima opção de lazer e entretenimento no feriado de Tiradentes, no Espaço Cultural.


Fazendo parte da programação da comemoração dos 85 anos do município, acontece no dia 21 de abril, segunda-feira feriado de Tiradentes o Bailão Show da Terceira Idade a partir das 16 horas, no Espaço Cultural “Ezequiel Bambini”, na Av Sampaio Vidal, em frente ao Correios. A entrada é franca.

O evento tem a realização da Prefeitura Municipal de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e a animação fica por conta da Banda Garotos do Forró.

Trata-se de conhecida banda especializada em tocar em bailes principalmente deste público, em toda a região, inclusive Presidente Prudente, Paraná, Araraquara, Ribeirão Bonito e outros municípios. Com esta nova formação e participação dos músicos, o percussionista Jansen, o tecladista Bonani e sanfoneiro Afonso, já dura há 6 anos. 

Segundo Bonani, tecladista da banda “Apesar do nome, não tocamos apenas forró, mas um pouco de tudo, todos os ritmos de músicas de baile e todos nós cantamos garantindo muita diversão e animação.” 

Segundo o Coordenador do Espaço Cultural e organizador do evento Emerson Belo: “Foram convidados vários grupos de Terceira Idade locais bem como da região, alguns municípios como Vera Cruz, Guarantã, e os grupos de Marília do Costa e Silva, São Judas Tadeu já confirmaram presença”.

Mais informações através do telefone 9 9602 0303 com o músico Bonani ou com o Coordenador Emerson Belo do Espaço Cultural no telefone 3454 2502.

Confirmado o Circuito SESC de Artes em Marília


Com grandes atrações o evento acontece no dia 11 de maio na Praça Higashi Hiroshima, Avenida das Esmeraldas (Emdurb)

"Conectando lugares e idéias" é o tema da versão 2014 do Circuito SESC de Artes que realiza a circulação de espetáculos e intervenções artísticas por diversas cidades do Estado de São Paulo. A programação é gratuita, voltada para todas as idades e ocorre em espaços públicos, em parceria com as prefeituras e sindicatos do comércio locais.

Além de contemplar nosso Município consecutivamente por 4 anos, acontecerá nas seguintes cidades:Tupã, Presidente Epitácio, Adamantina, Santa Fé do Sul, Jales, Fernandópolis, Pederneiras, Garça.

Para a apresentação do projeto e da programação de cada roteiro, aconteceu uma importante reunião no último dia 9 na Secretaria Municipal da Cultura entre a responsável pela Pasta, Tais Vanessa Monteiro, a Assistente Técnica e responsável direta pelo programa em Marília, Denise Campos Justino e os técnicos do CIRCUITO SESC DE ARTES, Camila Machado e Irô Ferreira. 

Foram discutidas também as questões operacionais para a realização do evento, como espaços de realização, estruturas, alvarás, divulgação, comunicação, etc. Como estratégia de divulgação e como forma de atrair um maior público, além da Imprensa local o SESC disponibilizará 3 pessoas que virão proceder com a entrega de flyers, folders e cartazes na região central da cidade, em faculdades e escolas, além de outros locais em três dias diferentes.

Na reunião foi oficializado também o convite para Lançamento do Circuito Sesc de Artes, que será realizado no dia 15 de abril, no Sesc Pompeia em São Paulo. Onde prefeitos, Secretários de Cultura, demais ativistas culturais e profissionais da Imprensa das cidades sede estarão presentes.

A programação totalmente gratuita ficou assim definida:

Literatura: Poema de uma linha só com Coletivo Unsquepensa (SP);
Intervenção teatral: Espiando Pequenas Histórias - Trilogia Eiró em Caxias (SP);
Teatro: Um Fusca em Con(s)certo com Cia Rodamoinho (SP);
Circo: Concerto da Lona Preta com Trupe Lona Preta (SP);
Artemídia: Suaveciclo com VJ Suave (SP);
Música: Sandália de Prata canta Jorge Ben.

Para conferir a programação completa dos 12 roteiros os interessados devem acessar em: sescsp.org.br/circuitosescdeartes. 

25º Salão premia artistas marilienses 



Na noite da última sexta-feira (11), na Galeria Municipal de Artes, aconteceu a abertura oficial e a premiação das obras do 25º Salão Marília através de seus artistas. O evento reuniu um público de aproximadamente 150 pessoas e contou com diversas atrações culturais como: Apresentação do Projeto da Prefeitura de Marília “ Teatro da Cidade”, da Banda Perciclando e do músico Ulisses Garcia. Ao todo foram 22 artistas que participaram do concurso. Todas as obras permanecerão em exposição Sala de Exposições Temporárias da Galeria Municipal de Artes até o dia 15 de maio. O evento é uma iniciativa da Prefeitura de Marília por meio da Secretaria Municipal da Cultura. 

O julgamento das obras aconteceu na sexta-feira (11), às 14h, na Galeria Municipal de artes e atuaram como jurados Vereadora Sonia Tonin ( Comissão de Cultura e Educação da Câmara Municipal), Cristina Paulielo ( Comissão Organizadora dos Registros Históricos da Câmara Municipal e da cidade de Marília) , Letícia Rodrigues (Conselho Municipal da Cultura e Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônico de Marília) e as artistas plásticas e ativistas culturais: Wânia Lombardi e Bel Campos. 

A Mostra premiou do primeiro ao terceiro colocado no concurso com as quantias de R$ 1000,00, R$ 700,00 e R$ 300,00 respectivamente. O primeiro lugar no Salão “ Marília através de seus artistas” ficou para a obra CONJUNTO ANJO DA CARA SUJA - 1947 de Wanda Silvestre (Wantré), o segundo lugar com a obra LEMBRANÇAS DA NOSSA HISTÓRIA – TORRE DA MATARAZZO de Nael Campos e o terceiro lugar com a obra ANTIGA INDÚSTRIA MATARAZZO de Raphael Dutra. 



1º lugar - "Conjunto Anjo da Cara Suja"
2º Lugar - "Lembranças da Nossa História - Torre da Matarazzo"
3º lugar - "Antiga Indústria Matarazzo"
As Mostras podem ser visitadas na Galeria Municipal de Artes, até 13/05, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Entrada Franca. Mais informações pelo telefone: 3432-3331.

Exposições homenageiam 85 anos de Marília.


A Prefeitura de Marília por meio da Secretaria Municipal da Cultura, abre nesta sexta-feira (11), a partir das 20h, na Galeria Municipal de Artes ( Rua XV de Novembro, 367), as Mostras: Santa Casa faz História e a 25º Edição do Salão de Artes Plásticas “Marília, através de seus artistas”. O evento é gratuito e as exposições podem ser visitadas até dia 15 de maio de 2014. 

O 25º Salão Marília através de seus artistas tem o objetivo de incentivar a produção de obras novas que retratem a cidade de Marília. Participam desta edição 22 artistas plásticos, entre eles, Maria Benedicta Betarelle, Carlos Roberto dos Santos, Lourdes Pereira, Ingrid Leandro, Patrick Mendes, Nael Campos, Rita Magnani, Cleusa Novak, Cinara Matiotti, Juracy Neris, Bruna Carmo, Claudio Dutra, Raphael Dutra, Jorge Sousa, Sérgio Doretto, Wanda Silvestre ( Wantré), Odécia Panetini Pinheiro, Magentac, Ed O Mundo de Akó, Aloisio Dias Silva, Debora Doratioto e Darci Verceloni

Visando fomentar e difundir a cultura a Prefeitura de Marília premiara os 3 primeiros colocados, nos seguintes valores: 1º - 1000,00, 2º - 700,00 e 3º - 300,00 - totalizando R$ 2000,00 ( Dois Mil Reais) de incentivo cultural. 

A Comissão Julgadora deste Salão será composta pela vereadora Sonia Tonin da Comissão de Cultura e Educação da Câmara Municipal, pela Wilza Matos da Comissão de Registros Históricos da Câmara Municipal, pela fotografa e atriz Letícia Rodrigues do Conselho Municipal da Cultura e por duas artistas plásticas: Wania Lombardi e Bel Campos. Ressaltando que os jurados não poderão participar do concurso e nem possuir parentesco com os artistas participantes do Salão. 

O julgamento e abertura da exposição acontece amanhã (11) na Galeria Municipal de Artes, Rua XV de Novembro, 367. O julgamento acontecerá às 14h e neste período a Galeria estará fechada ao público. O Salão conta com apoio Cultural do Supermercado Florentino e Sindicato dos empregados do Comércio de Marília. 

Já a Mostra Santa Casa faz história estará exposta na Sala de Exposições Permanentes “Antonio Carlos Rocha – Rochap e reúne 47 fotos, de períodos diversos, expostas em cinco totens que foram doados à entidade pela iniciativa privada. As imagens foram resgatadas do acervo da própria instituição e também obtidas a partir de pesquisa junto à Comissão de Registros Históricos de Marília.

A exposição documenta importantes períodos não apenas da Santa Casa, mas da saúde através dos tempos. Entre os registros, imagens da construção do hospital, os primeiros prédios que formaram o complexo, ainda cercados por cafezais. A mostra permite uma verdadeira viagem, até os dias atuais, quando o visitante se depara com uma instituição moderna, tecnologicamente atualizada e atenta à humanização. A Mostra conta com apoio especial das empresas Mil Placas e Foto Image, irá percorrer espaços públicos e de grande circulação da cidade, como shoppings, instituições de ensino, prédios da administração municipal e estadual, além do próprio hospital.

As mostras estarão em cartaz até o dia 15 de maio, aberta ao público de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. O evento é uma realização da Prefeitura de Marília por meio da Secretaria Municipal da Cultura. 


Mais informações Galeria Municipal de Artes: 3432-3331.

Secretaria de Cultura apóia o Projeto "Capoeira no Espaço"


Com início neste mês o projeto abre oportunidades para iniciantes e amantes da Capoeira, um patrimônio cultural 

A Prefeitura Municipal de Marília por meio da Secretaria Municipal de Cultura realiza com a organização e iniciativa do tradicional Grupo de Capoeira Negro Fujão, o Projeto Capoeira no Espaço, todas as terças-feiras, das 19h30 às 20h30 com aulas totalmente gratuitas, a partir do dia 15 de abril. 

O Grupo Negro Fujão concentra seus trabalhos há 12 anos no Poliesportivo do Santa Antonieta e tem alunos de todas as regiões da cidade. Além de continuar as atividades na sede, Fábio Luiz Mattos Ribeiro, o contramestre Dunga, deseja com o projeto facilitar o acesso dos alunos além de atrair para a região mais central também atende novos interessados. 

O Espaço Cultural já abriga exposições, festas, Feiras, o Teatro da Cidade, o Show da terra, o projeto “O Espaço é da criança” e segundo a Secretária Tais Monteiro “Queremos desenvolver outros programas, projetos, oficinas culturais e a capoeira, uma cultura tradicional e patrimônio cultural brasileiro também deve ser valorizada”. 

Inscrições
Os interessados em aperfeiçoar ou iniciar na capoeira devem comparecer de segunda a sexta das 15h30 às 17h30 no Espaço Cultural “Ezequiel Bambini” que fica na Av Sampaio Vidal, em frente ao Correios e se inscrever com o Coordenador Emerson Rodrigo B. Santos. Os requisitos são: idade mínima de 7 anos de idade, contempla ambos os sexos e não é necessário ter experiência anterior, basta gostar do esporte e se dedicar.

Cultura tradicional
Um dos projetos recentemente aprovados no Edital da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Lei Complementar Municipal Nº 653 de maio de 2012), denominado de “Arte-Cultura” foi proposto pelo Grupo de Capoeira “Negro Fujão” tendo ficado com o primeiro lugar e por estar apto à captação de recursos em 2014, Dunga iniciou o trabalho de busca de parceria com as empresas da cidade para custear o Projeto. 

Mais informações com Fábio no telefone 9 9659 6879 ou com Emerson, através do telefone 3454 2505.

Denise Campos Justino - 3402 6600

Edição Especial do “Espaço da Criança” traz o mágico Marcelo Beutrin




A Prefeitura de Marília – por meio da Secretaria Municipal da Cultura – promove no dia 13 de abril (domingo), das 9h30min às 12h30min - no Espaço Cultural “Ezequiel Bambini”, uma edição especial do Projeto “Espaço da Criança” – que terá a atração do mágico Marcelo Beutrin.  O evento faz parte do calendário de comemorações do aniversário da cidade.

“Excepcionalmente, em virtude do agendamento do Espaço Cultural para a Exposição de Orquídeas, vamos promover a edição especial do projeto no dia 13. E com um dos mais renomados mágicos do País”, informa Taís Monteiro, secretária municipal da cultura.

Organizado pela Turma do Palhaço Catatau, o projeto “Espaço da Criança” foi lançado oficialmente no dia 9 de março, e já é sucesso de público, de lazer e entretenimento para a garotada. O evento tem uma proposta direcionada em especial à criança e ao lúdico, embora o público alvo seja também a família que pode assistir as atrações culturais, participar de palestras com temas muito interessantes, entre outras atividades.

O projeto conta ainda com atividades de pintura facial, tatuagem infantil, escultura com balão, oficinas de pintura, desenho, jogos interativos, dois atrativos brinquedos para os menores - cama elástica e castelo inflável, e com a distribuição gratuita de pipoca e algodão doce. A Escola de Cabeleireiros Val Francis, que é um dos parceiros do projeto, realiza gratuitamente cortes de cabelos.

“A nossa administração não vai medir esforços para oferecer a população de Marília diversas opções de lazer e cultura. Este projeto é, sem dúvida, mais uma grande oportunidade de reunir a família, propiciando muita diversão, alegria e conhecimento”, afirma o prefeito Vinicius Camarinha.

Mágico Marcelo Beutrin

Com mais de 10 anos atuando na área de entretenimento, Marcelo Beutrin se destaca pelo seu perfil diferenciado nos repertórios de mágica. Ao lado de seu assistente Mister Klaus - o irreverente "homem sem cabeça", Marcelo Beutrin abre espaço em rede nacional, levando sua arte aos quatro cantos do País.

Após a sua participação no programa “Qual é o seu talento?” – do SBT, em 2009, as portas foram sendo cada vez mais abertas, e hoje, seu clipping registra apresentações em atrações como Silvio Santos, Patati-Patatá, Feriadão, Gugu, e mensalmente, tem o prazer de se apresentar um dos mais irreverentes apresentadores do Brasil, Ratinho.

Mais informações sobre o projeto “Espaço da Criança” podem ser obtidas com a Secretaria da Cultura pelo telefone (14) 3402-6600 ou no Espaço Cultural pelo número (14) 3454-2505.

























“Marília é da Criança” teve início no último domingo com muito
lazer e recreação para a criançada







Com iniciativa da Prefeitura Municipal de Marília e organização da Secretaria Municipal de Cultura, foi lançado no último domingo, dia 6 de abril um importante projeto destinado ao público infantil, “Marília é da criança”. O evento que começou simultaneamente nas quatro regiões da cidade tem como objetivo oferecer atividades lúdicas e brinquedos gratuitos para que crianças e pré-adolescentes tenham a oportunidade de muita diversão, lazer e entretenimento de forma saudável.

Segundo a Secretária de Cultura, Tais Monteiro “A realidade das crianças, principalmente da periferia é a falta de opções de lazer, de espaço para brincarem. Queremos oferecer condições para que elas não fiquem ociosas aos domingos, quando os pais estão ocupados com tarefas domésticas e muitos não podem levar ao bosque, a um shopping ou outro local”.

Foram disponibilizados três brinquedos por região da cidade, em locais estratégicos. Na zona sul, foram montados na Praça do Bairro Costa e Silva, na Zona Norte, na Praça do Tiro de Guerra (estas praças também abrigaram recentemente o outro projeto Cinema no Bairro). Na Zona Leste, foi montado na Praça Maria Izabel (da Igreja São Bento) e na Zona Oeste, na Rua Amador Bueno, número 855, em frente à Casa do Pequeno Cidadão. Esta última com o maior público.

A dona de casa Silmara Cristina S. da Costa, mãe de Thiago, 4 e Kamilly, 7 esteve presente no local acompanhando os filhos e elogiou a iniciativa “Fazia muito tempo que a zona oeste não recebia uma programação gratuita assim, a Prefeitura está de parabéns pois as crianças têm oportunidade de brincar e se divertir”. Ela ficou sabendo do evento ao ler a faixa de divulgação e ainda convidou outras mães para levarem seus filhos.

Todas as quatro regiões da cidade foram contempladas durante o lançamento com a finalidade de divulgar o projeto, daqui para a frente o formato será diferente: acontecerá todos os domingos, das 9 às 12 horas porém, será selecionada uma única praça  por domingo, de forma rotativa a fim de atender o máximo de bairros possível.

Para o próximo domingo dia 13 de abril ficou definido o Bairro Santa Antonieta, na Zona Norte da cidade.

“Estamos definindo o local no Jardim Santa Antonieta que deve ter a mínima estrutura de espaço, limpeza, energia para os brinquedos e ainda priorizamos os locais arborizados, tudo isso pensando na segurança e no bem-estar das crianças”. Disse a Assistente Técnica da Secretaria Municipal da Cultura, Denise Campos Justino, responsável por viabilizar e acompanhar o projeto.  E continua “Queremos convidar as crianças e seus pais para prestigiarem este evento infantil e totalmente gratuito onde a meta é oferecer muita diversão aos domingos pela manhã”.


                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                  

                                                                                    
  Com a Avenida Sampaio Vidal lotada, desfile retratou a história 
de Marília nos 85 anos






“Marília está vivendo uma nova fase e até o desfile comemorativo do aniversário da cidade comprova isso”. Assim o prefeito Vinicius
Camarinha comentou o sucesso da festa dos 85 anos de emancipação político-administrativa nesta sexta feira, 4 de abril.

A Avenida Sampaio Vidal completamente lotada para acompanhar o desfile retratando a história de Marília emocionou o prefeito. “Nosso objetivo foi atingido. Reviver a história do município, destacar pessoas e segmentos responsáveis pelo desenvolvimento de Marília, despertando o sentimento por essa terra”, afirmou.

Com a coordenação das secretarias municipais da Cultura e Educação foi possível reviver fatos históricos marcantes como os dinossauros, índios Coroados, desbravadores, a chegada da estrada de ferro, a fundação de Marília por Bento de Abreu Sampaio Vidal, a importância de “Pereirinha” para a instalação do município, a importância dos imigrantes para o desenvolvimento agrícola, o crescimento da índustria, comércio e o potencial educacional e de saúde. “A nossa meta foi completamente atingida. O desfile envolveu a população e vários segmentos da sociedade. Queremos despertar a paixão por esse município”, finalizou Vinicius.

O presidente da Câmara, Luiz Eduardo Nardi, parabenizou a todos pelo desfile. “Foi de encher os olhos. É emocionante acompanhar desde crianças até idosos desfilando com orgulho por sua cidade”, comentou.

O deputado Federal Abelardo Camarinha destacou que Marília está sendo recuperada pelo atual governo. “Estamos otimistas e este clima de positividade é sentido na população. O prefeito Vinícius está recuperando Marília no abastecimento d’água, asfalto, Saúde, Educação, Assistência Social e outros setores depois de ter conseguido limpar o nome da cidade. Isso tornou possível a retomada de convênios com a União e o Estado. A população é a grande beneficiada”, lembrou.

Entre as autoridades presentes no palanque oficial estiveram presentes o reitor da Unimar, Márcio Mesquista Serva e o deputado federal Walter Ihoshi.


A Força Aérea, Base de Pirassununga e o Batalhão de Infantaria do Exército de Lins também foram representados. Após o “Parabéns a Você” entoado pela Banda Marcial Cidade de Marília, foram servidos 9 mil pedaços de bolo preparados pela Prefeitura acompanhados por 20 mil litros de refrigerantes doados pela Coca-Cola, fábrica de Marília.

A população aprovou plenamente a nova fórmula do desfile comemorativo de aniversário da cidade. Rosa Nagre, moradora no César de Almeida, elogiou o envolvimento das pessoas com o tema, em especial crianças e idosos. “Esse novo sistema precisa ser mantido e até ampliado”, destacou. Já Cristina Pereira Romão, residente no Cavallari, elogiou a força do setor educacional de Marília.

A Secretaria da Cultura desfilou na Avenida com blocos de seus principais projetos como Teatro da Cidade, Agora Você Canta, Encontro do Rock, Capoeira, Festa Italiana, Arte Circense, Hip Hop, entre outros.

As secretárias da Cultura, Taís Monteiro, e da Educação, Fabiana Cruvinel, cumprimentaram suas equipes e coordenadores pelo sucesso do evento.



12ª JAPAN FEST

ATRAÇÕES CULTURAIS


03/04 (quinta-feira)
18h00 - abertura dos portões - gastronomia, comercial, parque de diversões, artesanato e espaço ecologia
19h00 - Nobuhiro Hirata / presidente prudente, Odori / NCM, Taikô Hibiki Wadaiko / Ncm, Karaoke / Ncm
20h00 - ABERTURA OFICIAL - homenagens
21h00 - CONCURSO MISS NIKKEY - Kendi Yamai

04/04 (sexta-feira)
12h00– abertura dos portões - gastronomia, comercial, parque de diversões, artesanato, espaço ecologia, exposição cultural, exposição de ikebana e exposição corpo de bombeiros
12h30 – Nobuhiro Hirata / Presidente Prudente, Musical Penrose
13h00 – Karaokê / Tikudyu Kai de Marilia, Odori / NCM, Coral da Unimed / marilia, Yosakoi Soran / Escola Modelo de Lingua Japonesa - NCM
14h00 Musical Murilo Takaoka, Banda Kara Nova
15h00 Banda Vovódika, Banda Marcial Colegio Bezerra de Menezes
16h00 - King’s Kids – Igreja 1ª Batista, Academia de Dança Jazz Bel, Grupo de Capoeira Marilia Brasil / Sec. Mun. De Esporte e Lazer
17h00 - Bon Odori – Marilia Nikkey Gakudan
18h00 – Requios Eisa Taiko / Aecom, Taiko Hibiki Wadaiko / NCM
19h00 – Projeto Guri / Bauru
19h30 – Abertura Exposição de Ikebana / Exposição Cultural
20h00 – Musical Nobuhiro Hirata
21h00 – Taiko
22h00 - Banda Lucas Akira e Fábio / Lins
23h00 – Encerramento

05/04 (sábado)

12h00– Abertura dos Portões, Gastronomia, comercial, parque de diversões, exposição cultural, exposição de ikebana, artesanato, espaço ecologia e exposição do corpo de bombeiros
13h00 – Musical Léo Jannio, Odori / NCM, Karaokê / Gueino Aiko Kai, Musical Nobuhiro Hirata / Presidente Prudente
14h00 – Grupo Only Street Face, Karaokê / Marilia Gakudan, Escola de Dança Pietra Lincah
15h00 – Grupo Tomodatikai da Acae - Bon Odori / Presidente Prudente-Marilia, Requios Eisá Taiko / AECOM
16h00 - Yasmin Yamashita / Tupã (cantora mirim/ prog. Raul Gil), Taiko Hibiki Wadaiko / NCM, Escola de Circo Pilin E Pilina
17h00 - Teddy Shigueyama / SP (cantor mirim/ prog. Raul Gil), Coral Canto em Qualquer Canto / Exposição Cultural
18h00 – Taiko Ryuuka Daiko / Lins, Odori / ACERT – Tupã, Karaoke / NCM
19h00 – Lançamento Livro “A Terra do Sol Nascente” – AKIRA CHINEN / Exposição Cultural, Musical Nobuhiro Hirata / Presidente Prudente, Takeshi Nishimura e Satiko Ono / SP
20h00 – Cosplay / SP, Teddy Shigueyama / SP (cantor mirim/prog. Raul Gil)
21h00 – Coral Da Unimed / Marília, Taiko Ryukyu Koku Matsuri Daiko / SP
22h00 - Musical Rick Akio e Kaori Kanegawa / SP, Saito Satoru Ryubu Dojo / SP
23h00 – Encerramento

06/04 (domingo)
12h00 – Abertura dos Portões, Gastronomia, Comercial, Parque de Diversões, Exposição Cultural, Exposição de Ikebana, Artesanato e Espaço Ecologia
12h00 – Nobuhiro Hirata / Presidente Prudente, Espaço Esportivo Beisebol – Softbol NCM / Campo, Cosplay / SP, Satoru Saito / SP
13h00 - Taiko Ryukyu Koku Matsuri Daiko / SP, Musical Rick Akio e Kaori Kanegawa / SP, Oficina De Taiko e Kendo De Assis / ACNBA
14h00 - Musical Fabiano Casali / Marilia, Odori / Seicho-No-Iê Marilia, Karaokê / NCM, Taiko Mogenkio / Bauru
15h00 - Réquios Eisá Taiko/ AECOM, Odori / NCM
16h00 - Concurso Nikkey Kids
17h00 – Karaoke / Gueino Aikou Kai, Banda Marcial Cidade de Marilia, Grupo Sanshin de Bauru / Bauru
18h00 – Bon Odori / Marília Nikkey Gakudan
19h00 - Sorteios
20h00 – ENCERRAMENTO
                                             

Museu Histórico inaugura exposição “Foto Muzzi: Fotografia e Pioneirismo”







A Secretaria Municipal da Cultura, através do Museu Histórico e Pedagógico de Marília “Embaixador Hélio Antônio Scarabôtolo”, em parceria com a Comissão de registros Históricos da Câmara Municipal, realizará dia 07 de abril, às 19h30, o coquetel de lançamento da Exposição “Foto Muzzi: Fotografia e Pioneirismo”. A mostra faz parte do calendário de comemorações do aniversário município e segue aberta até 09 de maio.

A Exposição conta com 60 fotos  do acervo da família de Washington e Carlos Muzzi - proprietários pioneiros no segmento fotográfico em Marília, do acervo do Museu Histórico e do acervo da Comissão de Registros Históricos da Câmara Municipal. São fotos ricas em informações históricas da época, sobre o desenvolvimento da nova cidade, costumes, características arquitetônicas, de vestimentas e moda.

Para a coordenadora do Museu Ana Carolina Vernaschi Imamura, as fotos da mostra são de grande valor histórico para a cidade. “O Foto Muzzi foi o primeiro Foto Studio de Marília, pioneiro no segmento. As fotos de Washington e Carlos Muzzi fazem parte de nossa história e com certeza estão presentes em álbuns de muitas famílias marilienses. Nossos agradecimentos à Wilza Matos, da Comissão de Registros Históricos, pela parceria e colaboração, e também à família de Carlos Muzzi, em especial Lílian Muzzi Sant’Anna, presente durante a montagem da exposição”, disse.

Além da Exposição, os visitantes poderão apreciar também outras fotos dos primórdios de Marília, desde a abertura das matas, construção das primeiras casas, chegada do trem, entre outras, que compõem uma mostra especial sobre a cidade.
O Museu conta ainda espaço de exposição permanente, com objetos sobre índios, pioneiros, imigrantes e muitos objetos antigos; oferece visita monitorada para turmas de escolas e grupos, além de exibição de filme sobre a história de Marília.

WASHINGTON E CARLOS MUZZI

O estilo de arquitetura déco, predominante na cidade de Marília nas primeiras décadas, foi registrado pelo primeiro estabelecimento fotográfico da cidade: o Foto Muzzi, fundado por Washington Muzzi em 1936.

Washington desembarcou no porto de Santos, proveniente da Itália, com seus pais em 1898 e se estabeleceu, posteriormente, em Araraquara (SP) com esposa e filhos, são eles: João Muzzi, Mário Muzzi, Idelbrando Muzzi, Carlos Muzzi e Teresa Muzzi. Washington era conhecido como fotógrafo de jardim, construiu sua própria máquina fotográfica caixão e era reconhecido por eternizar momentos em Araraquara e Santos.

Todos seus herdeiros aprenderam o ofício da fotografia com o próprio. João, dos irmãos, foi o único que não se envolveu com a arte, e trabalhou na Companhia Paulista de Estrada de Ferro no vagão de restaurante com negócio próprio.

O Foto Muzzi abriu suas portas em 1936, logo que a família chegou à Marília. O primeiro estabelecimento comercial encontrava-se na Av. Sampaio Vidal (entre as ruas 9 de Julho e Dom Pedro). Este foi destruído por um incêndio que começou na fábrica de gelo vizinha. O fogo passou para o Foto e destruiu equipamentos, químicas de revelação, papéis fotográficos e o estúdio da família, causando grande prejuízo. Após o ocorrido, o Foto Muzzi mudou para um lote na mesma quadra atravessando a rua da localização anterior.
 
Washington, Mário, Idelbrando, Carlos e Dorival eram atuantes na cidade, faziam fotografia de documento 3x4, 9x12, 6x9, fotos de estúdio e eventos municipais. Entre os anos de 1939 e 1944, durante a guerra, o Foto Muzzi foi responsável pelas fotografias dos japoneses para a carteira Salvo Conduto que os permitiam transitar pelo território brasileiro.

Os jornais da época costumavam publicar suas fotos para ilustrar diversas notícias, principalmente para demonstrar o crescimento da cidade e seus pontos de destaque.

Grande parte das imagens do acervo do Museu Histórico e Pedagógico e da Comissão de Registros históricos é desse período em que o Foto Muzzi atuava com todos os seus integrantes.

Entre os anos de 1948 e 1949, Carlos Muzzi se desvencilhou do Foto Muzzi e abriu seu próprio negócio, o Foto Kosmos na Rua Carlos Gomes. Carlos se aprofundou nas fotos de estúdio, principalmente infantis (era conhecido como o “Fotógrafo das Crianças”), autorretratos, fotografia de família, alguns eventos da cidade e atuou ainda como fotógrafo da Polícia Técnica. Desenvolvia técnica de pintura a dedo nas imagens e montagens na pós-produção.

Carlos Muzzi nasceu em São Carlos em 02.09.1920, casou-se com Lucinda Ribeiro Salzedas em 1951, com quem teve os filhos, Sônia, Márcia e Carlos.

SERVIÇO

O Museu fica na Rua Yara Clube, 85, bairro Cascata. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3413-9930. A entrada é gratuita.







3º festival de curtas de Marília está com inscrições abertas até o dia 15 de Abril. 


Qualquer pessoa pode participar, com filmes de até 20 minutos nas categorias Documentário, Ficção e Videoclip. Baixe o regulamento e a ficha de inscrição no link abaixo e entregue junto com o DVD na Sala Municipal de Projeção.

Premiação: 01 tablet para os 3 primeiros colocados, + troféus.


PROGRAMA:

Dia 24:
– das 13h30 às 17h30 – Aula aberta: Processo de Criação de Longa-Metragem com o Cineasta Aluísio Abranches. Inscrições: de 01/04 a 22/04.
Público: profissionais da área audiovisual, estudantes de cinema, TV ou jornalismo e apreciadores de filmes a partir de 16 anos. Seleção: primeiros inscritos. 30 vagas
Aula aberta sobre cinematografia, onde serão apresentadas as etapas de criação de um filme. A proposta abordará o passo a passo do processo de criação de um longa-metragem do começo ao fim, elucidando conteúdos como: sinopse, argumento, personagens, roteiro, orçamento até as etapas de realização, edição e distribuição.

Cineasta, diretor e roteirista, Aluízio Abranches graduou-se em Cinema na London International Film School, na Inglaterra. Professor na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, Aluizio produziu e dirigiu seu primeiro longa-metragem “Um copo de Cólera”, sendo selecionado para Mostra Panorama no Festival Internacional de Berlim. Foi indicado quatro vezes ao Grande Prêmio do Cinema Brasil (2002) e ganhou o prêmio de melhor som no Festival de Recife em 2002. Em 2009, lançou Do Começo ao Fim, filme que dirigiu e produziu com Fernando Libonati.




– 19h30 – Exibição do filme “Um Copo de Cólera” (Brasil, 1999, 75mn.), com comentários de Aluizio Abranches.Classificação: 18 anos (retirar convites com 1 semana de antecedência). 40 lugares.

Inspirado na obra de Raduan Nassar, “Um copo de Cólera” (Brasil, 1999, 75min), dirigido e produzido por Aluizio Abranches, conta a história de um ex-ativista (Alexandre Borges) que constrói um mundo à parte numa chácara nos arredores de São Paulo. Ele vive um caso de amor com uma jornalista (Julia Lemmertez), até que, um rombo feito por saúvas em sua cerca viva, deflagra um ataque de cólera na personagem. Este fato, que normalmente não teria maiores consequências, gera inúmeras acusações por ambas as partes. Após a exibição do filme, o Diretor conta sua experiência e curiosidades sobre a criação e realização do longa-metragem premiado.

Dia 25:
– 14h – Mostra Paralela
– 20h – Competitiva de Curtas.

Local: Sala de Projeção Municipal - Av. Sampaio Vidal, 245 (piso superior da Biblioteca Municipal - entrada pela Av. Rio Branco). 
Realização: Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.
Comissão Organizadora: Márcia Caffer e Marcelo Mendes.

Mais informações sobre o III Curta Marília:
Fone: (14) 3306-9081 (Márcia Caffer)

Mais informações sobre a aula aberta: Oficina Cultural Tarsila do Amaral
Fone: 14-3453 5660. Facebook.com/OCTarsiladoAmaral
Realização: Oficinas Culturais do Estado de São Paulo e Secretaria Municipal de Cultura de Marília

Faça o download:
- Regulamento 
- Ficha de inscrição


“Cinema no Bairro” lota praça do Costa e Silva
Próxima edição será dia 25 de abril em Avencas




O fato voltou a se repetir. Depois do sucesso do Castelo Branco e do Distrito de Rosália, a Praça do bairro Costa e Silva ficou lotada na noite de sexta feira na terceira edição do projeto “Cinema no Bairro”. Famílias inteiras da zona sul compareceram para acompanhar a exibição do desenho animado “Enrolados”, do Estúdio Disney.

  A concentração das pessoas no telão led instalado na praça comprovou que o planejamento realmente deu certo. 

Nadir Moreira, moradora no Toffoli, disse que a organização do evento foi o ponto que ela considerou mais positivo. Já Carlos Roberto Silva, residente no Nova Marília, gostou da valorização da família noprojeto. “Além disso, considero muito positivo o comparecimento do prefeito Vinicius Camarinha mantendo contato com a população”, afirmou.

O chefe do executivo afirmou que devido ao sucesso do projeto em breve serão duas edições por mês. Atualmente o projeto ocorre sempre na última sexta feira. A próxima edição será dia 25 de abril no distrito de Avencas. “Estamos levando cultura e cidadania à população. Estou muito entusiasmado com o projeto. Por isso, quero as sessões a cada 15 dias”, disse Vinicius.

A secretária da Cultura, Taís Monteiro, destacou a alegria das crianças acompanhando o desenho saboreando pipoca, algodão doce e refrigerante fornecidos gratuitamente. “É uma verdadeira sessão de cinema na praça, com a integração marcante das pessoas. Dá para sentir a satisfação de todos”, comentou.

O Chefe de Gabinete, Hugo Claro, destacou que além do evento houve uma integração com a Associação de Moradores do bairro indicando a necessidade de melhorias no Costa e Silva.“Assim houve a Operação Tapa Buracos e a completa manutenção da praça e proximidades. Isso é sinal de cidadania”,afirmou.

O presidente do Conselho das Associações de Moradores da zona Sul(Consul), Amauri Gonzaga, afirmou com determinação depois do grande comparecimento de pessoas na praça. “O prefeito acertou em cheio nesse projeto. Todos estão plenamente satisfeitos”, finalizou.